logo RCN
Imagem principal

Simples atitudes podem proporcionar uma noite de sono muito mais revigorante

Descubra como algumas mudanças simples e auxílio de fisioterapia preventiva podem turbinar sua energia para o dia-a-dia

Após um dia longo de trabalho e com as correrias do dia-a-dia, nosso maior momento para recarregar a bateria é durante o sono. Mas existem algumas coisas que você pode estar fazendo errado, aí na sua casa, que impedem que isso aconteça da melhor forma possível. Porém, é possível melhorar e corrigir algumas situações para que, assim, você consiga renovar suas energias com uma boa noite de sono.

O posicionamento durante o sono

Segundo a Associação Brasileira de Medicina do Sono (ABMS), não existe uma posição correta que beneficie a todos, assim é necessário analisar a forma individual que cada um utiliza para dormir. O que pode acontecer é que determinadas posições podem potencializar dores ou alterações já existentes em cada pessoa..

Já falando nas posições:

- A posição de barriga para cima (decúbito dorsal) - pode causar dores na região lombar da coluna, forçando a lordose (curvatura natural) no local, além de propiciar roncos e até mesmo apneias (quando a pessoa para de respirar) durante a noite de sono.


- De barriga para baixo (decúbito ventral) - esta posição é uma das mais escolhidas pela população, porém pode gerar disfunções e dores no pescoço e ombros, principalmente se o tamanho do travesseiro não está adequado. 

- Para o lado esquerdo, existem maiores chances de desenvolver refluxo ou gastrite por conta da angulação do estômago, que virado para este lado fica com a passagem livre para o esôfago, liberando os líquidos ácidos existentes lá, causando aquele queimor.

- Já para a lateral direita, há o alívio dessa dor de estômago.

Vale lembrar que estas posições podem gerar dores em joelhos e tornozelos quando não realizadas da forma correta, com auxílio de preventivos. 

Melhorando as posições e o sono

Primeiramente um bom colchão e um bom travesseiro são essenciais para uma noite de sono que revigora. Ambos devem ser escolhidos de forma que fique mais confortável para o seu corpo, pois como dito anteriormente, cada indivíduo é único.

Ao se deitar e escolher uma das posições que melhor nos favorece, podemos melhorá-las para evitar qualquer problema, como utilizar travesseiros entre as pernas e tornozelos, quando deitado de lado, dobrar os joelhos e posicionar um travesseiro em baixo deles, quando de barriga para baixo, colocar próximo a barriga ou à pelve um travesseiro, e posicionar bem o pescoço numa altura de travesseiro adequada. Neste caso, é importante medir a distância da ponta do seu ombro até o pescoço. A altura ideal do travesseiro é a que mantenha sua cabeça alinhada, sem ficar muito pra cima ou pra baixo. 

Fisioterapia e o sono

Então, como podemos relacionar a fisioterapia ao sono? Assim como nosso corpo precisa descansar, ele precisa de movimento para manter-se em ordem e equilíbrio, e a fisioterapia entra como forma de prevenção para evitar dores e deformidades ao longo dos anos, e até mesmo para reabilitar quando já há alguma dor ou doença instalada, que possa piorar ao dormir. Sendo assim, é necessário realizar a fisioterapia para corrigir estas alterações inoportunas.

Após uma longa noite de sono, é importante iniciar o dia dando aquela esticada no corpo, alongando e preparando nosso corpo para o dia, e claro, se você sente alguma dor durante ou após o período de sono, nos procure para melhorar sua qualidade de vida e do seu sono. Entre em contato conosco e agende já sua avaliação nos telefones (49)3240-0780 ou (49)99831-5542, pois na MHR CENTER a sua saúde é a nossa especialidade.

Sedentarismo e trabalho: como melhorar sua qualidade de vida Anterior

Sedentarismo e trabalho: como melhorar sua qualidade de vida

Fisioterapia, mulheres e autocuidado Próximo

Fisioterapia, mulheres e autocuidado

Deixe seu comentário